29 de outubro de 2010

Justiça

Estes últimos dias, Deus tem me falado muito através da palavra, sobre justiça. Pra começar, no livro de Mateus o autor relata que a pregação de Jesus se baseava em duas simples palavras: arrependimento e reino - ''Daí por diante, passou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus.'' Mt 4.17. - e com muita profundidade Mateus descreve os príncipios do REINO, nos capítulos 5 e 6. '' Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.'' Mt 6.33.
Mas, o que eu gostaria de abordar neste post, é sobre justiça, e o versículo chave é: ''Guardai-vos de exercer a vossa justiça diante dos homens, com o fim de serdes vistos por eles; doutra sorte, não tereis galardão junto de vosso Pai celeste.'' Mt 6.1. 
Amigos, sem dúvida nenhuma posso afirmar que a coisa mais díficil para o homem é ''guardar-se de exercer sua própria justiça''. Pela manhã estava assistindo um vídeo de um grande homem de Deus, que eu admiro, exercendo publicamente ''sua justiça'', em um tom de muita indignação se defendia de palavras ofencivas ditas por também outro cristão. Me entristeci sobremaneira, homens defendendo sua ''honra'', no espaço que eles separaram para pregar o evangelho. Que perda de tempo! Se for assim acho justo que a lei amordace aqueles que não pregam o evangelho genuíno, e transformam o espaço cristão em arena de ''Paulo X Apolo''.
Não cito nomes, a palavra diz que não se pode julgar, entretanto apresento fatos e como disse são homens que Deus permitiu estar onde estão. O que eu não posso é me conformar com essa mentalidade de praticar justiça com as próprias mãos. o SENHOR é Juíz. Para encerrar, deixo o texto de Jeremias 9:23,24; e aconselho você a não praticar justiça com as próprias mãos, afinal quem justifica o homem do seu erro é Cristo.''Assim diz o SENHOR: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem o forte, na sua força, nem o rico, nas suas riquezas, mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o SENHOR e faço misericórdia, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR.''
outro conselho:
Ouvistes que foi dito: ''Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.'' Mt 6.43-45

Nenhum comentário: