28 de abril de 2010

Escrever

Neste momento tenho tanta coisa pra falar, mas não consigo escrever! Muito menos escrever o que estou sentindo.
Sei que todos nós, dotados de razão e alma, passamos por está situação, a de não conseguir ser entendido, de não conseguir transmitir algo a alguém.
Palavras escritas, muitas vezes se limitam, não expressam intensidade, franqueza, profundidade, do momento.
O momento também depende da situação com que o leitor se encontra, pode ser na alegria, perda, no choro, no vazio.
A construção de significados se faz a partir de um conjunto de coisas.
Cada leitor faz uma interpretação, e a interpretação depende um tanto do momento, do repertório, e das suas experiêcias pessoais. A compreensão se dá de forma individual. Por isso, cada pessoa interpreta significados diferentes para a mesma coisa.



Um comentário:

Fernanda Valente disse...

é verdade!