29 de setembro de 2009

O Mover de Santidade

• Santidade, o princípio que toca o Trono de DeusDeus não quer somente nos visitar, Ele quer habitar, e deixar marcas em nosso interior. A Santidade é o principio que toca o trono. (MT. 5:8) Ser santo é um principio de Deus. Ele quer chamar sua noiva de volta aos princípios.Se sou líder, meus discípulos precisam saber que o que eu falo é verdade. Preciso ser Shofar de Deus, ser boca de Deus, e da boca de Deus não sai dúvida. Todo aquele que busca santidade libera a fé, se quisermos maravilhas de Deus, a ordem é: Santifique-se!!! Descobrimos se somos santos, não quando estamos na Igreja, mas quando estamos sozinhos. Precisamos vigiar, pois a intenção do diabo é contaminar nossa unção e macular a nossa santidade.Até mesmo na célula, precisamos vigiar nossas conversas, brincadeiras e linguagem.Santidade não é um dom, é uma decisão!! Dons alguns têm, entretanto, santidade todos devemos ter. Quanto mais santo, mais prósperos espiritualmente. Santidade gera fruto, segurança.

• A Santidade Gera SegurançaPrimeiramente, Moisés ergueu sua vara, feriu as águas do Egito e elas se transformaram em sangue. Até mesmo a água guardada nos vasilhames de madeira ou pedra foi contaminada. Os peixes morreram e os rios exalaram mau cheiro! Durante vários dias a água se tornou imprópria para beber, contudo em Gósen, o povo de Deus bebia água fresca e pura.Depois Arão estendeu a mão sobre as águas, e ondas e ondas de rãs surgiram e cobriram a terra. Em toda casa, cozinha, quarto de dormir, no pátio dos palácios, no armazém e templo, não havia lugar para se deitar, ou sentar, por causa da invasão de rãs! Mas em Gósen as rãs ficaram nas águas, e todos os israelitas ouviam o seu coaxar. Que cena para Israel: contemplar os egípcios juntando rãs mortas aos montões; “e a terra cheirou mal!” Exceto em Gósen!

Como o faraó endureceu o coração contra Deus, de novo a vara foi usada - desta vez para agitar o pó. O pó se tornou em piolhos, que atacaram todo o povo e todos os animais. Alguns interpretam isso como uma praga de moscas ou mosquitos: “Esses mosquitinhos molestavam os animais e as pessoas, entrando-lhes nos olhos e nas narinas, levando-os à fúria. Às vezes os animais eram torturados até a morte por esta invasão.” Mas em Gósen não havia piolhos, nem mosquitinhos, nem moscas!A seguir veio a invasão de moscas - enxames de moscas como nuvens negras, “e a terra ficou arruinada”. Alguns dizem que esta praga incluía besouros, moscas de gado, moscas de cães, e todo tipo de mosca. “A terra foi assolada” (Êxodo 8: 24). Mas, em “a terra de Gósen, em que meu povo habita... não haja enxames de moscas” (Êxodo 8: 22).Nesses dias, deixemos Deus nos levar à um lugar chamado Santidade, não permitamos que nossa vida seja prejudicada por uma atitude errada. Que possamos decidir por ser santos!

André Santana - Ministerio Filhos Benditos

Nenhum comentário: